Deixa pra lá


Definitivamente
não escrevo só com mente…
Com coração: escrevo tão bem quanto comento

Anúncios

Só dizendo

Quem tem boca vaia Roma
– e não vai a lugar algum.
Quem tem ouvidos que ouça
E que ponha os pingos nos is
De novo sobre quem tem boca,
que beije outra boca.
Saia do lugar comum
Cerre os punhos
Ancore e não se esqueça:
Violência gera violência
– gentileza, gentileza.

  • No gancho da música YAHWEH – U2 , que diz:

    Take this mouth
    So quick to criticise
    Take this mouth
    Give it a kiss”

  • De dizeres populares
  • Do conceito “psicológico” das âncoras, que é qualquer estímulo sensorial (visual, auditivo ou cinestésico) que dispara um conjunto específico de sensações ou emoções.

 

Cromact

Um pouco de loucura me faz bem… 😉

Tava aqui bolando representar as notas da escala cromática, visualmente. Um convite a sinestesia, talvez? 🙂

As considerações são as seguintes:

  • Um intervalo de oitava dobra ou diminui pela metade a frequência de determinada nota.
  • A escala cromática compreende 12 notas.
  • Na nossa afinação típica ocidental temos distribuídos os acidentes igualmente pela escala – logo cada semitom, aumenta(ou diminui) a frequência da nota na proporção de raiz duodécima de 2(2 1/12).
  • Defini quadrados para representar cada nota – logo, com a área de cada quadrado aumentando em 2 1/12, temos que o lado de cada quadrado aumenta em 2 1/24, o chamado quarto de tom.

Dispus os quadrados lado a lado(os cortes são pra melhor visualização) pra dar uma ideia de como a área de cada quadrado aumenta sutilmente, a cada vez:

cromact-corte
E finalmente num ciclo, que é mais como a oitava se parece. 😎
cromact-ciclo

PS: A nota inicial foi omitida, já que a intenção é fechar um ciclo e a nota final, oitava acima, nada mais é que a própria nota inicial. 🙂 E essa é a limitação aproximativa a que pude chegar.

Mais importante: que tal o resultado/efeito visual?

LiteraLivre

Literatura com liberdade! Que tal? Essa é a proposta da revista de distribuição eletrônica e totalmente gratuita, LiteraLivre. Segundo site aqui, as seguintes palavras:

 

Nossa missão principal é dar espaço aos escritores e artistas de todos os lugares, amadores ou profissionais, publicados ou não, que desejam divulgar seus escritos e mostrar seu talento de forma independente e livre.

É isso! Só queria dar a conhecer essa ideia bacana. 😉

Leitura do Blog

 

Com relação a poemas me incomoda um bocado a quebra de linha, principalmente no mobile: quebra o ritmo e a estética da coisa. Sempre tento remediar esse problema. Personalizando a fonte de acordo com a estrutura do poema que escrevo, porém gosto e meu conselho é de lê-los na landscape(visualização modo paisagem). Pra blocos de texto gerais uso a justificação pra manter uma aparência agradável. Nem tudo são flores porém. Reitero a recomendação de leitura na horizontal.

Qual a sua experiência de leitura mobile do blog?