Leitura do Blog

Com relação a poemas me incomoda um bocado a quebra de linha, principalmente no mobile: quebra o ritmo e a estética da coisa. Sempre tento remediar esse problema. Personalizando a fonte de acordo com a estrutura do poema que escrevo, porém gosto e meu conselho é de lê-los na landscape(visualização modo paisagem). Pra blocos de texto gerais uso a justificação pra manter uma aparência agradável. Nem tudo são flores porém. Reitero a recomendação de leitura na horizontal.

Qual a sua experiência de leitura mobile do blog?

Anúncios

FAQ

Quem sou?
De onde vim?
Pra onde vou?
Porque me preocupo?

Ao persistirem as dúvidas,
outras dúvidas serão observadas.

Ar rarefeito

A luz acesa preenche o quarto
— efeito que o ar rarefeito falha em produzir
Um outro cômodo e o mesmo incômodo:
“foi cômodo pra ela abrir aquela porta e sair”

Ele e os seus defeitos, seus maiores feitos: passos refeitos até aqui.

Ela, ninguém é perfeito: fato mais que aceito.

A porta entreaberta;
Feixe de luz pela fresta
Fecha a janela e lá fora a chuva começa a cair.